Translate

segunda-feira, 16 de junho de 2014

COXINHA DE GALINHA

Salgadinho brasileiro que não pode faltar em festinhas, encontros e reuniões de amigos e familiares. E nada melhor se for feito por nós com carinho, empenho e produtos de qualidade. 
salgadinho
A origem exata ninguém sabe. A história mais aceita é que surgiu em São Paulo como forma de alimentar de maneira mais rápida os trabalhadores de fábricas e os ferroviários no início do século passado. De lá pra  cá surgiram várias versões de massa e recheios.
A massa que mais gosto é a que leva batata em sua composição. Além de ficar mais saborosa, a coxinha fica mais leve e macia. 
INGREDIENTES:
RECHEIO:
  • 1 peito de frango de aproximadamente 800g
  • 1/2 limão
  • 1 cebola média cortada em pedaços grandes
  • 2 tabletes de caldo de legumes, galinha, bacon ou costela (a gosto)
  • 3 folhas de louro
  • 1 raminho de alecrim (ou outro tempero a gosto)
  • Água o suficiente
  • 2 c/sopa de azeite
  • 1 cebola média picadinha ou ralada
  • 2 dentes de alho picado e amassado
  • cebolinha, salsa, manjericão a gosto (picados)
  • Pimenta do reino a gosto (a branca ou a preta)
  • 2 c/sopa de requeijão cremoso ou cream cheese
  • Sal a gosto
MASSA:
  • 1 xíc/chá do caldo em que cozinhou o peito do frango (coado)
  • 2 xíc/chá de leite 
  • 1 c/sopa de manteiga
  • 2 e 1/2 xíc/chá de farinha de trigo
  • 1/2 xíc/chá de batata cozida e espremida
PARA EMPANAR E FRITAR:
  • Vasilha com água
  • Farinha de rosca ou de pão
  • Óleo para fritar
MODO DE PREPARO:
RECHEIO:
  1. Lave o peito de frango e passe limão. Tire o excesso de gordura, mas mantenha a pele.
  2. Em uma panela coloque a cebola em pedaços grandes, as folhas de louro, alecrim fresco, os tabletes de tempero e o frango. 
  3. Cubra tudo com água e leve ao fogo alto. Depois que ferver abaixe o fogo e deixe até que a carne do frango esteja macia e bem cozida (aproximadamente 35 a 40 minutos).
  4. Retire o frango da panela.
  5. Reserve o caldo para a massa.
  6. Retire a pele, gorduras e ossos. Só iremos usar a carne. Pique a carne em pedaços médios.
  7. Desfie a carne manualmente ou use a batedeira para isto. Esta é uma dica que agiliza bem o processo. Mas, faça pequenas porções por vez.
  8. Caso ainda tenha ficado pedaços inteiros, retire-os e volte a bater. Reserve.
  9. Em uma panela aqueça o azeite e acrescente a cebola. Assim que a cebola estiver amolecida e meio transparente, junte o alho picado e amassado. Refogue.
  10. Junte o frango desfiado. Misture bem.
  11. Desligue o fogo e acrescente a cebolinha, salsa, manjericão, pimenta do reino a gosto. 
  12. Coloque o requeijão cremoso e prove o sal. Acrescente mais um pouco de sal se for o caso. Lembre-se que a carne do frango e o requeijão já possuem sal.
  13. Reserve. O recheio deverá ser empregado frio.
MASSA:
  1. Em uma panela coloque o caldo do frango coado, o leite e a manteiga.
  2. Leve ao fogo alto e quando começar a ferver junte de uma única vez toda a farinha de trigo. Desligue o fogo e mexa vigorosamente até formar uma bola de massa.
  3. Incorpore a batata cozida à massa da coxinha.
  4. Cubra a massa com um plástico ou pano de prato limpo e deixe esfriar para poder moldar as coxinhas. 
  5. Com as mãos levemente untadas com óleo, faça bolinhas com a massa. Abra um buraco no meio e faça uma espécie de "copinho". 
  6. Coloque o recheio no centro do copinho e feche as coxinhas moldando-as com as mãos.
  7. Coloque-as em um tabuleiro ou bandeja até o momento de empaná-las.
EMPANAR:
  1. Separe duas vasilhas. Na primeira coloque água e na segunda a farinha de rosca.
    salgado para festas
  2. Com a mão esquerda passe as coxinhas na água, uma de cada vez, e coloque sobre a farinha de rosca. (Algumas pessoas usam clara de ovo com um pouco de água. Outras preferem ovo inteiro levemente misturado. Eu usei apenas água e deu super certo).
  3. Com a mão direita rode a coxinha na farinha.

  4. Arrume as coxinhas em tabuleiro uma ao lado da outra para não deformarem.
CONGELAMENTO:
  1. Caso queira congelar as coxinhas, este é o momento certo. Coloque o tabuleiro com as coxinhas no freezer ou congelador. Assim que estiverem congeladas, retire-as do tabuleiro e coloque-as em sacos plásticos. Retire ao máximo o ar e feche a abertura.
  2. Ou coloque as coxinhas em bandejas de isopor e cubra com plástico filme.
  3. As coxinhas devem ser congeladas recheadas, moldadas e empanadas. Porém, cruas.
  4. Para descongelar e poder fritar, retire-as duas horas antes. Isto irá evitar que o miolo da coxinha permaneça frio após a fritura.
FRITURA:
- Aqueça o óleo e frite 4 a 5 coxinhas por vez. O ideal é que as coxinhas estejam em temperatura ambiente, para que o miolo também fique quente.
- Ao invés de usar uma frigideira, eu prefiro usar uma panela um pouco funda para a fritura. Isto diminui em muito a sujeira no fogão. Naturalmente, que se você tem uma fritadeira própria para salgados, daquelas elétricas, é muito melhor.

RENDIMENTO: Esta receita deu para 40 unidades de coxinhas pequenas. Não é daquelas micro coxinhas que servem em coquetéis. Vejam a proporção em minha mão na foto abaixo. 
Sobrou recheio e caldo para nova fornada de massa e coxinhas. Não tinha certeza se daria certo ou não, então não arrisquei a fazer mais.
Fiz para o aniversário de minha filha e foi sucesso total. Fiquei arrependida de não ter feito duas receitas de massa. Se você quiser fazer o dobro, faça uma receita de massa por vez, ou irá ficar muito pesada para misturar. 
O recheio que sobrou eu guardei para fazer uma pequena torta para o lanche de meus filhos. E com o caldo eu preparei o arroz do dia-a-dia.

SERVIDOS?
Eu tenho certeza que a partir desta fornada esta será uma das receitas cobradas por todos nas festas e encontros aqui de casa. 
Beijocas e até a próxima postagem.
BOM APETITE!!!
Um abraço carinhoso a todos os meus amigos e visitantes,
                   Teresa Cintra

2 comentários:

  1. Oi te reza, tudo bem amei essa receita deve ficar uma delícia, a muito queria fazer coxinha agora com esta receita sua me deu água na boca, vou fazer logo, depois lhe digo se deu certo Beijos..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Beth. Faça sem medo. A receita é ótima. Eu só lamentei ter feito poucas. Acabaram rapidinho. kkkkkkkkkkkkkk.
      Bjs.

      Excluir

Queridos visitantes deixem o seu comentário que irei responder o mais rápido possível.
Caso vocês fizerem alguma receita ou artesanato do meu blog, enviem as fotos para o e-mail: thecintra@gmail.com. Vou colocá-las na atualização do link correspondente.
Um forte abraço!