Translate

terça-feira, 8 de novembro de 2016

PÃO CASEIRO COM CAROÇO DE JACA

QUEBRANDO TABUS

De sabor bem marcante e exótico a Jaca é uma fruta originada da Índia. Trazida pelos portugueses, hoje é bem conhecida no Brasil. É uma fruta tão única em seu sabor e aroma que não leva a meio termo. Ou você ama ou odeia. 
Normalmente, apenas a polpa do fruto (parte carnuda dos bagos) é aproveitada in natura ou como doce.
Hoje eu irei postar uma receita de pão feito com a parte da jaca que normalmente descartamos: o caroço.
PÃO CASEIRO; receita com caroço de jaca; jaca
É, eu sei, soa estranho. Mas, é isto mesmo que você leu. Eu usei o caroço de jaca, cozido, descascado e triturado. O resultado final foi um pão sem cheiro ou sabor de jaca. O caroço deixa o pão com uma textura que nos remete a castanhas, nozes e pinhão. O sabor é mais delicado e de textura macia. 
E por que usar caroço de jaca? Ora, pelo seu valor nutritivo e sabor discreto se comparado à parte carnuda do bago. 
A parte carnuda do bago, aquela parte amarela da fruta, é rica em fibras, Cálcio, Fósforo, Ferro e vitaminas do Complexo B, principalmente a vitamina B2 (Riboflavina), vitamina B5 (Niacina) e vitamina C.
Mas, não é apenas a parte carnuda do bago que pode ser consumida. Os caroços que jogamos na lata do lixo, também possuem valor nutritivo e são comestíveis. Sem riscos para a saúde. Os caroços combatem a prisão de ventre, são ricos em amido, vitaminas, ferro e estimulam o sistema imunológico. Eles podem ser reaproveitados assados, torrados, cozidos ou como farinha. Cozidos em água com sal podem ser usados em receitas de bolos, compotas, pães ou comidos como castanhas. Para este pão foi o que fiz, cozinhei o caroço em água e sal antes de empregá-lo.
Então, vamos deixar o preconceito de lado e da próxima vez nada de jogar fora os caroços de jaca.    
INGREDIENTES:
  • 1 envelope de fermento biológico seco
  • 1 c/sopa de açúcar
  • 1/2 xíc/chá de água morna (100 ml)
  • 400g de caroço de jaca cozido, descascado e triturado
  • 1/4 xíc/chá de azeite ou óleo (50ml)
  • 2 ovos
  • 2 e 1/2 c/chá de sal
  • 3 e 1/2 xíc/chá de farinha de trigo peneiradas
  • 1 gema de ovo com 1 c/chá de óleo para pincelar
  • Queijo ralado para polvilhar
MODO DE PREPARO:
  1. Prepare o caroço de jaca: Tire o caroço da jaca, lave-o, retire a pele dura (a mais externa), coloque em uma panela com água e sal e cozinhe até ficar macio, aproximadamente 20 a 30 minutos. Importante que a água cubra todos os caroços. Escorra a água e assim que esfriar descasque os caroços retirando a pele interna (que às vezes racha facilitando o trabalho). Retire inclusive a película fina que os recobre os caroços. Use uma faquinha bem afiada para raspar esta película. O sabor do caroço cozido lembra uma castanha. Reserve.
  2. Prepare a esponja: Em uma vasilha junte o fermento biológico, o açúcar e a água morna. Misture. Acrescente 1/2 xíc/chá de farinha de trigo. Mexa tudo. Cubra a vasilha e deixe em repouso por 15 minutos ou até que se forme a esponja.
  3. Triture o caroço de jaca em um processador, liquidificador ou rale-o. Dica: eu usei um mini processador que faz parte do meu mixer 3 em 1 da Walita. Caso você use o liquidificador use a tecla pulsar. No caso do ralo é bem mais trabalhoso, afinal os caroços não são muito grandes e deverão ser ralados um a um. Como resultado final deve-se obter um produto granuloso e não pastoso e nem fino como uma farinha.
  4. À parte, junte o caroço de jaca triturado, o azeite e os ovos. Misture ligeiramente com uma colher. Vejam na foto abaixo como a mistura fica granulada. É assim mesmo.
  5. Junte a esponja com a mistura do caroço de jaca. Misture.
  6. Acrescente a metade da farinha de trigo e mexa com uma colher ou espátula.
  7. Polvilhe uma superfície (madeira, granito, mármore) com farinha de trigo, coloque a massa e vá acrescentando o restante da farinha aos poucos, sovando a massa com as mãos. Importante não bater a massa, apenas faça movimentos de enrolar e esticar, virando a massa para que fique uniforme. Dica: Não ponha muita farinha para a massa não ficar muito pesada. Pare de acrescentar a farinha assim que não grudar mais nas mãos. A massa deve elástica e levemente pegajosa ao ser apertada com a ponta dos dedos. Ela não irá ficar muito lisa por conta do caroço de jaca triturado que dá uma aparência granulosa à massa.
  8. Faça uma bola com a massa e ponha em uma vasilha. Cubra e deixe repousando até dobrar o volume (30 a 60 minutos). Dica: O tempo irá depender da temperatura ambiente. Em dias frios o fermento leva mais tempo para agir.
  9. Enquanto espera a massa crescer, prepare as formas para assar o pão. Unte a forma com óleo e polvilhe farinha de trigo. Reserve. Dica: Eu optei por usar duas formas de bolo inglês. Você pode usar um tabuleiro (assadeira) ou uma forma redonda de bolo.
  10. Abaixe a massa com o punho e divida-a em duas partes.
  11. Modele os pães e coloque-os nas formas.
  12. Deixe crescer por mais 20 minutos.
  13. Enquanto espera o crescimento dos pães, pré-aqueça o forno a 180 C.
  14. Com uma faca afiada faça cortes na superfície dos pães(opcional).
  15. Pincele os pães com a gema misturada com o óleo.
  16. Asse em forno pré-aquecido a 180º C por 30 a 40 minutos. O tempo varia de forno para forno. O pão deve ficar dourado.
  17. Tire do forno e deixe esfriar um pouco sobre grade para poder desenformar. Dica: A grade impede que, a forma quente, entre em contato com a superfície fria do balcão ou pia, forme umidade na base do pão por condensação do ar.
  18. Desenforme o pão e sirva-o morno ou em temperatura ambiente.
    PÃO CASEIRO; receita com caroço de jaca; jaca
Vejam que delícia de pão. Ele fica levemente granulado por conta do caroço. Mas, apesar da granulação, ele é macio. Afinal o caroço foi cozido antes de ser empregado.
PÃO CASEIRO; receita com caroço de jaca; jaca

PÃO CASEIRO; receita com caroço de jaca; jaca
Com o preço das castanhas tão alto, esta é uma alternativa bem mais em conta. 
Não deixem de fazer esta receita e depois digam o que acharam.
Beijocas e até a próxima postagem.

BOM APETITE!!!
Obrigada pela visita. Um abraço carinhoso a todos.
                   Teresa Cintra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queridos visitantes deixem o seu comentário que irei responder o mais rápido possível.
Caso vocês fizerem alguma receita ou artesanato do meu blog, enviem as fotos para o e-mail: thecintra@gmail.com. Vou colocá-las na atualização do link correspondente.
Um forte abraço!