Translate

sábado, 17 de outubro de 2015

GARRAFAS RECICLADAS VI - Esmalte sintético

GARRAFA DECORATIVA COM TINTA ESMALTE SINTÉTICO

Esta é uma técnica que circula bastante na internet. Não sei quem começou ou a inventou, só sei que cada pessoa tem o seu toque especial.
ARTESANATO; DECORAÇÃO; GARRAFAS; RECICLAGEM; pintura em garrafas; arte com garrafas; reutilizando garrafas; lixo é luxo; GARRAFAS COM TINTA ESMALTE
O efeito fica bem interessante por manter o brilho natural do vidro. Toda a pintura é feita na parte interna da garrafa.
ARTESANATO; DECORAÇÃO; GARRAFAS; RECICLAGEM; pintura em garrafas; arte com garrafas; reutilizando garrafas; lixo é luxo
A técnica é bem fácil, mas requer um pouco de paciência. Separe um espaço para a bagunça. Além de garrafas e potes junte jornal. A tinta irá escorrer e a sujeira é certa. Mas, o resultado final compensa a trabalheira e bagunça.
MATERIAL NECESSÁRIO:
  • garrafa de vidro transparente sem rótulo, lavada e seca
  • tinta esmalte nas cores vermelha e amarela (ou outras de sua preferência)
  • solvente ou querosene ou thinner ou acetona ou aguarrás
  • jornal e panos de limpeza
  • recipiente para colocar a tinta e/ou pinceis largos
  • luva de plástico ou silicone
  • álcool líquido
  • recipiente e pano para limpar pinceis em caso de uso
PASSO-A-PASSO:
A) GARRAFA COM UMA ÚNICA COR:
  1. Retire o rótulo e lave bem a garrafa por dentro e por fora. Se sentir necessidade de usar sabão, enxague bem. Escorra e deixe secar de cabeça para baixo. Não seque com pano ou papel toalha para evitar fiapos. 
  2. Coloque uma pequena quantidade de álcool dentro da garrafa e balance bem. Escorra e espere que todo o álcool residual evapore. Com um paninho de limpeza passe álcool na parte externa da garrafa. Dica: Eu usei álcool absoluto, mas pode ser usado o diluído. Só não use o álcool gel. O álcool absoluto não é encontrado em supermercados e sim em farmácias.
  3. Coloque a cor escolhida em um recipiente ou copo. 
  4. Despeje a tinta dentro da garrafa. Não exagere. Também procure usar a tinta sem diluí-la para uma melhor cobertura. Se sua tinta estiver muito grossa use uma pequena quantidade de solvente para diluí-la. Cuidado para não deixá-la muito rala.
  5. Rode a garrafa movimentando a tinta até cobrir toda superfície interna. 
  6. Vire a garrafa sobre um copo e deixe escorrer o excesso de tinta.
  7. Após ter escorrido o excesso de tinta, deixe a garrafa de ponta cabeça (cabeça para baixo) sobre um jornal para escorrer bem. Mude a posição da garrafa de tempo em tempo.
  8. Quando parar de escorrer. Vire a garrafa para a posição normal e verifique se há falhas na pintura. Se houver repita a operação depois de bem seca.
  9. Espere secar bem. Demora bastante, tenha paciência. Dica: como a pintura é na parte interna da garrafa, o processo de secagem total pode variar de 2 a 4 dias. O tempo irá depender do clima (temperatura e umidade do ar) de sua região.
  10. Umedeça o paninho de limpeza no solvente e limpe a tinta que escorreu no lado de fora da garrafa. Limpe a borda do gargalo para ficar com um bom acabamento.
    ARTESANATO; DECORAÇÃO; GARRAFAS; RECICLAGEM; pintura em garrafas; arte com garrafas; reutilizando garrafas; lixo é luxo
  11. Faça outras garrafas de cores e tamanhos diferentes. 
    ARTESANATO; DECORAÇÃO; GARRAFAS; RECICLAGEM; pintura em garrafas; arte com garrafas; reutilizando garrafas; lixo é luxo
B) GARRAFA COM MAIS DE UMA COR:
  1. Retire o rótulo e lave bem a garrafa por dentro e por fora. Escorra e deixe secar bem. Não seque com pano para evitar fiapos.
  2. Coloque uma pequena quantidade de álcool dentro da garrafa e balance bem. Escorra e espere que todo o álcool residual evapore. Dica: o álcool complementa a limpeza da garrafa retirando resíduos e gorduras que podem prejudicar a aderência da tinta.
  3. Coloque a cor escolhida em um recipiente com bico. Dica: eu usei um frasco de pintura de cabelo que lavei bastante e deixei secar. 
  4. Despeje a tinta dentro da garrafa de maneira a escorrer deixando falhas sem tinta. Não coloque muita tinta. Deixe escorrer lentamente. 
  5. Vire a garrafa de ponta cabeça com cuidado para que a tinta não cubra toda a área interna da garrafa. Deixe escorrer o excesso de tinta sobre jornal.
  6. Depois que tiver escorrido o excesso da tinta, deixe a garrafa virada para baixo sobre jornal. Mude a posição de tempo em tempo para evitar acúmulo de tinta no gargalo da garrafa. 
  7. Vire a garrafa e espere a primeira cor secar bem. Hora de dar uma longa pausa no artesanato e ir fazer outra coisa. A secagem completa é importante para a segunda cor não se misturar com a primeira.
  8. Coloque a tinta esmalte vermelha na garrafa. Use um pincel ou um recipiente com bico. Para esta segunda cor eu usei um pincel.
  9. Rode a garrafa até que a tinta cubra toda a superfície interna. Se necessário rode mais de uma vez a garrafa. Procure cobrir toda a área interna da garrafa.
  10. Vire a garrafa sobre um copo e deixe escorrer o excesso de tinta.
  11. Deixe a garrafa de ponta cabeça (cabeça para baixo) sobre um jornal para escorrer bem. Mude a posição da garrafa de tempo em tempo. Dica: este cuidado é importante para evitar que a tinta se acumule no fundo, formando sombras que irão comprometer todo o trabalho. A camada de tinta na garrafa fica bem fina. Coloque a garrafa contra algum ponto de luz e observe se escorreu toda ou se precisa de nova camada. Pode ocorrer que algum ponto tenha ficado sem tinta sendo necessária nova camada.
  12. Com um paninho umedecido no solvente limpe o lado externo da garrafa. Impossível não fazer sujeira. Dica: Faça a limpeza após secagem total da pintura.
* Outra forma é colocar duas ou mais cores ao mesmo tempo e ir rodando a garrafa para mesclar as cores sem misturá-las totalmente. Eu tentei com o vermelho e amarelo, mas achei mais difícil do que imaginei. O vermelho sobressaiu e o efeito não ficou como eu queria. Ficou mais para vermelho alaranjado do que mesclado. rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs. Acho que tenho de treinar mais ou quem sabe brincar mais com a tinta e ver o que dá.

Com relação a esta técnica acho importante algumas observações:
  • A tinta não faz uma cobertura fechada do vidro. Ficam algumas falhas que precisam ser reparadas. Eu precisei usar 3 camadas de tinta, intercalando secagem entre elas, para ficar com uma boa cobertura. Caso você for usar duas cores para pintar o interior da garrafa, eu sugiro que comece com a cor mais escura e faça apenas uma camada com ela. Na minha garrafa amarela e vermelha eu comecei com a cor mais clara e foi difícil cobrir as falhas sem colorir toda a superfície interna da garrafa.
  • Esta técnica requer espaço e tempo para que a secagem total seja concluída e faz muita sujeira. Troque os jornais sempre que for necessário. Use luvas. Caso suje suas mãos, use removedor de unhas para limpá-las. É menos agressivo do que os solventes usados para a tinta. Compense o trabalho e o tempo de secagem fazendo várias garrafas ao mesmo tempo.
  • Escolha um local arejado para trabalhar. As tintas sintéticas ou à base de óleo possuem um cheiro bem ativo.
  • Como a pintura é no interior da garrafa, a primeira camada de tinta é a que irá destacar. Não use primer. Como o primer não é translúcido ele irá prejudicar o efeito final da pintura.
  • Não economize no jornal. Troque as folhas sempre que achar necessário. É preciso mudar as garrafas de posição constantemente para não ficar tinta acumulada no gargalo.
  • Estas garrafas são apenas decorativas. Não devem ser usadas para colocar líquido de consumo humano ou animal. Como todo o trabalho é na parte interna da garrafa, esta NÃO poderá ser usada para colocação de alimentos líquidos em seu interior (água potável, óleo, azeite, vinagre, molho...).
  • Use a garrafa como vaso para flores naturais (com água) ou artificiais, como candelabro ou agrupadas em um móvel como peça decorativa. Como a tinta não é a base de água é possível colocar flores naturais com água. Mas, se você usar outra tinta que não a esmalte sintético ou tinta óleo, não coloque água no seu interior.
  • Esta técnica pode ser usada com tinta PVA ou acrílica, mas como esta tintas são à base de água não podem ser molhadas. Neste caso, só poderão ser usadas com flores artificiais ou como peças de enfeite que não requeira água. Caso queira "molhar" o vaso use a tinta esmalte sintético a base de óleo que fica mais resistente e com efeito mais brilhante.
  • Se você pretende usar os copos, recipientes, pinceis, panos de limpeza e demais materiais em outro trabalho, providencie sua limpeza antes que a tinta seque totalmente. Água e sabão não resolvem. Limpe o excesso com papel toalha ou jornal e em seguida use solvente. 
  • A pintura com esmalte sintético dispensa proteção de verniz para finalizar o trabalho.
Minhas garrafas concluídas:
ARTESANATO; DECORAÇÃO; GARRAFAS; RECICLAGEM; pintura em garrafas; arte com garrafas; reutilizando garrafas; lixo é luxo
ARTESANATO; DECORAÇÃO; GARRAFAS; RECICLAGEM; pintura em garrafas; arte com garrafas; reutilizando garrafas; lixo é luxo
Um pouco do antes e depois. Estas 3 garrafinhas eu usei em um dia de tempestade que faltou energia elétrica. O transformador da rua simplesmente estourou. A vantagem da garrafinha como candelabro é que você pode transportar pela casa e como a vela fica presa no gargalo não corre o risco de tombar. A cera que escorre sobre a garrafa dá um charme especial. Melhor se sua garrafinha estiver colorida e bem alegre.
ARTESANATO; DECORAÇÃO; GARRAFAS; RECICLAGEM; pintura em garrafas; arte com garrafas; reutilizando garrafas; lixo é luxo; porta vela com garrafas; candelabro com garrafas
Se a espessura da vela for menor que a boca da garrafa é só passar fita crepe adesiva na base da vela. 

Gostaram? Então não deixem de fazer. Eu irei ficar aguardando as garrafas de vocês. 

Mil bjs e até a próxima postagem (arte, viagem ou guloseimas).

BOA SORTE e SUCESSO NOS TRABALHOS!

Obrigada pela visita!!!

6 comentários:

  1. Adorei sua explicação bem detalhada! Principalmente as cores que escolheu, porque são as minhas preferidas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Ana Alice!
      No artesanato adoro experimentar velhas e novas técnica. Gosto especialmente de reciclar e divulgar as técnicas que dão certo.
      Em termos de cores sou bem eclética. Vou do branco e preto ao colorido vibrante do amarelo e vermelho.
      Um abraço e obrigada pela visita.

      Excluir
  2. Olá boa tarde! Devo dizer que vim parar no seu blog por acaso, mas gostei muito. Você parece-me muito simpática. Visitarei outras vezes! Fique na paz!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Teresa seus trabalhos são lindos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada.
      Eu adoro trabalhos artesanais e se puder reciclar, melhor.
      Um abraço e obrigada pela visita.

      Excluir

Queridos visitantes deixem o seu comentário que irei responder o mais rápido possível.
Caso vocês fizerem alguma receita ou artesanato do meu blog, enviem as fotos para o e-mail: thecintra@gmail.com. Vou colocá-las na atualização do link correspondente.
Um forte abraço!