Translate

sábado, 29 de dezembro de 2018

CHESTER ASSADO

O chester tem presença cativa nas mesas brasileiras no Natal ou no Ano Novo, podendo ser na ceia ou no almoço.
chester; ano novo; natal;
Muitos preferem comprar já assado, mas o valor é bem salgado. 
Que tal preparar o seu próprio chester? É muito mais fácil do que você imagina. Mas, o processo é um pouco demorado e você irá precisar de espaço na geladeira durante a marinada e um bom forno. No mais, é só uma questão de tempo.
chester; ano novo; natal;
O legal é que você pode inovar nos temperos, molhos e acompanhamentos. Afinal, quem melhor do que você para saber o paladar da sua família e amigos?
É neste momento que você se pergunta: Como é? Inovar os temperos? Mas, o chester já não é temperado? 
Sim, ele é leve e suavemente temperado. Basicamente não tem nenhum sabor específico e marcante. Eu diria que se você assar um chester (frango ou peru) temperado apenas pela indústria alimentista, sua carne será insossa e sem graça. Então, incremente seu chester, dando mais sabor, retemperando-o. Só não exagere no sal, isto eles com certeza colocam. 
INGREDIENTES:
  • 1 chester temperado (4 a 4½ kg)
  • ½ limão taiti
Vinha d'alhos (ou vinhadalho):
  • 1 xícara de vinho branco seco
  • 1 cebola inteira
  • ½ ou ⅓ de pimentão vermelho
  • 4 dentes de alho picadinho
  • 1 c/chá de páprica (doce, picante ou defumada)
  • 2 c/sopa de salsa desidratada
  • pimenta-do-reino moída a gosto
  • pitada de sal a gosto
Manteiga temperada para untar o chester:
  • 100 gr a 200 gr de manteiga (ou margarina) Dica: a quantidade depende do tamanho do chester (peru ou frango)
  • manjericão a gosto (fresco ou desidratado)
  • vinhadalho usado no chester a gosto.
Farofa:
  • 1 xícara (chá) de Bacon Defumado Perdigão cortado em cubos pequenos
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 1 cebola descascada e cortada em cubos pequenos
  • 4 xícaras (chá) de farinha de mandioca
  • 1 xícara (chá) de uva-passa (opcional)
  • 1 xícara (chá) de sálvia picada ou manjericão ou salsa/cebolinha
  • 2 colheres (café) de sal


Molho de uva:
  • 3 c/sopa de manteiga bem generosas
  • 1 cebola pequena batida ou picadinha
  • 1 cacho de uva preta picadas e sem sementes (aproximadamente 12 a 15 bagos)
  • 1 xícara de laranja ou abacaxi
  • 3 c/sopa de geleia de uva caseira ou industrial, bem cheias
  • sal e pimenta-do-reino a gosto
Decoração: 
  • 1 abacaxi pequeno em rodelas sem o miolo.
MODO DE PREPARO:
  1. Descongele o seu chester. Após descongelar, retire-o da embalagem. Dica: Assim como qualquer carne que foi descongelada, o chester não deve ser recongelado depois de cru. Isto é, após ser descongelado ele deverá ser preparado, temperado e assado.
  2. Escorra o líquido drenado do chester e inspecione-o. Retire o saco com as vísceras (moela, coração e fígado) do interior do chester. Dicas: reserve os miúdos para fazer a farofa.
  3. Retire o Couranchinho ou curanchim ou sambiquira ou rabadela. Os nomes são muitos, depende da região onde você mora. É a saliência triangular sobre as vértebras inferiores das aves, de onde nascem as penas da cauda, sendo a parte por onde saem as fezes. Algumas pessoas não retiram, outras preferem apresentar a ave sem esta parte. Eu retiro. Mas, isto é uma questão pessoal.
  4. Mantenha a pele do chester, mesmo que você não goste da mesma. A gordura da pele é importante no cozimento de aves inteiras, protegendo a carne do ressecamento.
  5. Esfregue o meio limão por todo o chester, inclusive no interior. Escorra mais uma vez. Reserve enquanto prepara o vinhadalho. Dica: Não precisa lavar. Mas, o limão ajuda a tirar o odor e baba (gosma) da ave. Na ausência de limão use vinagre. 
  6. Coloque no liquidificador ou processador todos os ingredientes para o vinhadalho. Bata bem até ficar uniforme. Dica: Cuidado com o sal, o chester temperado leva uma marinhada bem carregada de sal. Eu mesmo optei em não acrescentar o sal.
  7. Acomode o chester em uma tigela. Amarre as coxas com barbante ou linha grossa. Dica: se não tiver um ou outro, use fio dental sem sabor. Não vá usar o de sabor menta, dá?
  8. Esfregue o vinhadalho sobre o chester. Entre as asas, coxas, costas, peito e interior. Esfregue bem. Amarre as coxas com o barbante, fechando-as.
  9. Regue com o restante do vinhadalho. Dica: Você pode usar um saco culinário grande para colocar o chester. Assim, ao virar o chester para regá-lo por igual, não irá se sujar. Basta virar o saco e acomodá-lo na tigela em outra posição.
  10. Cubra a tigela com papel alumínio ou filme plástico. Leve à geladeira para descansar de 6 a 12 horas, virando ocasionalmente para saborear por igual. Dica: No caso de ter usado um saco culinário, não precisa cobrir a tigela. Como eu ia servir o chester no almoço, eu preparei o vinhadalho na véspera, antes de ir dormir. 
  11. Retire o chester da geladeira, escorra-o vinhadalho, mas não jogue fora. 
  12. Coloque o chester na tigela, forma ou tabuleiro em que irá assá-lo com o peito para cima. 
  13. Prepare a manteiga saborizada: Peneire o vinhadalho. Reserve o líquido e use apenas a parte sólida que ficar na peneira. Bata no mix a manteiga em temperatura ambiente com o manjericão e a parte sólida do vinhadalho. 
  14. Solte com delicadeza a pele sobre o peito, sem rasgá-la. Espalhe parte da manteiga entre a pele e a carne do peito, bem como no interior da ave. Dica: Se preferir, use a manteiga sem saborizar.
  15. Unte externamente, todo o chester com a mistura de manteiga e espalhe um pouco do vinhadalho que sobrou. Dica: Não use muito, pois a pele do chester também irá soltar gordura e líquidos.
  16. Guarde o restante do vinhadalho para regar o chester durante o processo, se preciso. Dica: Normalmente, o chester solta muito líquido e gordura que, preferencialmente, deve ser usado para regá-lo. O restante do vinhadalho pode ser usado para soltar a gordura que ficar grudada no fundo da forma, para fazer a farofa que irá acompanhar a ceia.
  17. Envolva o osso das coxas e as pontas das asas com papel alumínio. Isto irá impedir que, estas partes com pouca carne, queimem mais do que o necessário.
    chester; ano novo; natal;
  18. Pré-aqueça o forno a 200°C. Enquanto isto, deixe o chester coberto, fora da geladeira para que atinja a temperatura ambiente. Dica: Se você for rechear o chester com farofa, a hora é esta. Neste caso após recheá-lo costure a abertura com linha ou barbante culinário. Eu optei em não rechear o chester. Gosto da farofa bem sequinha e soltinha, e quando a carne é recheada, geralmente a farofa fica um pouco mais úmida.
  19. Cubra o chester com papel alumínio e leve-o ao forno pré-aquecido em temperatura média (200°C) por 1h e 30 minutos. A cada 30 minutos regue a carne com o caldo formado na própria assadeira. Dica: O alumínio deve envolver a assadeira e não o chester, de maneira a facilitar a sua abertura para regar a ave. Caso ocorra a liberação de muito líquido, retire uma parte com uma colher e reserve. Este caldo que forma pode ser usado em uma sopa, caldos, na preparação de cozidos e molhos diversos. 
  20. Retire o papel alumínio e volte o chester ao forno por aproximadamente 40 a 60 minutos, até dourar ou que o pino do termômetro que vem no chester for liberado, regando-o a cada 30 minutos. Mas, não confie no pino, ele pode falhar. Na dúvida, espete com um garfo o peito ou uma das coxas. Se sair líquido avermelhado, deixe mais um pouco. 
  21. chester; ano novo; natal;
  22. Prepare o abacaxi: Descasque o abacaxi, corte-o em rodelas e retire o miolo. Espalhe sobre uma assadeira e leve ao forno para assar. Coloque a assadeira na prateleira de baixo do forno e retire-a, assim que o abacaxi assar. Aproveite o tempo de forno do chester para preparar o abacaxi. Dica: Você pode usar abacaxi em calda escorrido. Mas, assando um abacaxi natural, você irá acentuar o seu "doce" sem acréscimo de açúcar. Para acentuar o sabor, pulverize raspas de limão.
  23. Decoração: Transfira o chester para a travessa em que será servido. Decore a gosto. Eu optei pelas rodelas assadas de abacaxi. Você pode distribuir ameixas seca sem caroço e nozes sem casca entre as rodelas de abacaxi.  Dica: Meu marido não resiste em fatiar a carne e cortar os barbantes. Terminei não tirando a foto com ele inteiro, mas dá pra ver o resultado final. Pelo menos ele deixou uma coxa no lugar. kkkkkkkkkkk.
  24. chester; ano novo; natal;
  25. Prepare a farofa: Cozinhe os miúdos que vieram com o chester em água até amaciar +ou- 20 minutos. Escorra e pique-os em pedaços pequenos. Reserve-os. Raspe a borra que se formou na assadeira para fazer a farofa ou o molho. (Optamos pela farofa, neste caso reduza a manteiga para uma colher). Em uma panela (ou na assadeira em que assou o chester), doure o bacon, acrescente a manteiga e a borra do assado, o azeite, a cebola e os miúdos e refogue; junte a farinha, as uvas-passas, a sálvia (ou outra erva) e o sal. Misture até que a farinha comece a dourar. Reserve. Dica 1: Se você usou uma assadeira para o chester, prepare a farofa no fogão direto na assadeira. Se a borra estiver muito aderida coloque um pouquinho de líquido (água, vinho, ou caldo que sobrou do vinhadalho para amoler e soltar. Depois, é só seguir o passo a passo da farofa. Como minha forma era uma travessa de cerâmica refratária, usamos uma frigideira grande. Dica 2: Se a quantidade de pessoas for pequena, faça apenas a metade da receita. Foi o nosso caso.
  26. chester; ano novo; natal;
  27. Prepare o molho de uvas: Pique os bagos de uva e retire as sementes. (Eu usei uva Isabel). Reserve. Em uma panela derreta a manteiga e junte a cebola dourando-a. Acrescente as uvas picadas e refogue por aproximadamente 2 minutos. Em seguida, junte o suco de laranja, a geleia, o sal e a pimenta-do-reino. Passe para fogo baixo e cozinhe (panela semi-tampada), mexendo ocasionalmente, até engrossar levemente. Passe para uma molheira e sirva para acompanhar o chester.
    Molho para chester; natal; ano novo;
 Para o molho eu usei geleia de uva caseira. A receita já foi postada no blog e pode ser vista aqui
geleia caseira de uva

Leve os pratos para a mesa e celebre com sua família e amigos este momento tão especial e mágico! FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO!!!
chester; ano novo; natal;
Lembrem-se que o tempo no forno depende de muitos fatores, como o peso do chester, frango ou peru, além do próprio forno. Cada um conhece o seu. Evite temperaturas muitos altas que irão desidratar o chester, secar o caldo e até mesmo queimar o fundo da assadeira, antes que o mesmo esteja assado. O cálculo é de 20 minutos para cada 500 gr da ave. Mas, isto ainda não é 100% garantido. É só um ponto de partida. Fique atenta.
chester; ano novo; natal;

chester; ano novo; natal;
Não deixem de fazer, experimentar e compartilhar. 😋😋😋
Se vocês fizerem não deixem de me enviar as fotos. Vou colocá-las na atualização do link. Vou ficar aguardando. 
Beijocas e até a próxima postagem que pode ser arte, guloseima ou companhia (passeios, viagens, pensamentos, ...). 😚💋💋
BOM APETITE!!!
Obrigada pela visita. Um abraço carinhoso a todos.
                   Teresa Cintra

UM BRINDE AOS MEU QUERIDOS AMIGOS e SEGUIDORES!!! 
UM FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO!!!!

Se gostou não deixe de ver outras receitas natalinas e para a virada do Ano:

Casinha de biscoito de mel e especiarias 





Bolo de cerejas e chocolate branco



Panetone trufado e decorado

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Queridos visitantes deixem o seu comentário que irei responder o mais rápido possível.
    Caso vocês fizerem alguma receita ou artesanato do meu blog, enviem as fotos para o e-mail: thecintra@gmail.com. Vou colocá-las na atualização do link correspondente.
    Um forte abraço!