Translate

quarta-feira, 18 de março de 2015

NOITE - Fernando Pessoa

Como a Noite é Longa!

Como a noite é longa! 
Toda a noite é assim... 
Senta-te, ama, perto 
Do leito onde esperto. 
Vem p’r’ao pé de mim... 

Amei tanta coisa... 
Hoje nada existe. 
Aqui ao pé da cama 
Canta-me, minha ama, 
Uma canção triste. 

Era uma princesa 
Que amou... Já não sei... 
Como estou esquecido! 
Canta-me ao ouvido 
E adormecerei... 

Que é feito de tudo? 
Que fiz eu de mim? 
Deixa-me dormir, 

Dormir a sorrir 
E seja isto o fim. 

Fernando Pessoa, in "Cancioneiro" 


Noite

Ó noite onde as estrelas mentem luz, ó noite, única coisa do tamanho do universo, torna-me, corpo e alma, parte do teu corpo, que eu me perca em ser mera treva e me torne noite também, sem sonhos que sejam estrelas em mim, nem sol esperado que ilumine do futuro.
Fernando Pessoa

"Poemas de Fernando Pessoa, pegos na internet."

Um forte abraço e obrigada pela visita.
                                          BOA NOITE!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queridos visitantes deixem o seu comentário que irei responder o mais rápido possível.
Caso vocês fizerem alguma receita ou artesanato do meu blog, enviem as fotos para o e-mail: thecintra@gmail.com. Vou colocá-las na atualização do link correspondente.
Um forte abraço!