Translate

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

VIAJAR:

LAZER OU APRENDIZADO?

Adoro viajar. É uma oportunidade maravilhosa de aprender, conhecer e abrir a mente para novas realidades.
Muitas vezes prejulgamos lugares e costumes de um povo pelo que ouvimos. Comentários de terceiros que em muitos casos são baseado em um único acontecimento, geralmente negativo. Nem sempre vivenciados por ele mesmo. Comentários que quando são repassados de boca a boca, ganham novas versões e interpretações. E o que era uma simples eventualidade torna-se regra geral.
Tiradentes-MG
A melhor forma de mudar o pensamento e reformular os próprios conceitos é viajando.
Conhecer novas culturas e lugares. Experimentar novos sabores e temperos.
Restaurante Maricota - Recife-PE

Infelizmente a vida corrida com várias atribulações, associada aos custos de uma viagem, nem sempre possibilitam a realização daquelas viagens grandiosas que incluem hotéis cinco estrelas, SPAs luxuosos, jantares de grandes chefs regados a vinhos majestosos. Aprendemos por associação de imagens e propagandas ricamente elaboradas, que uma viagem maravilhosa e prazerosa só é possível ser for cara. Mero engano.


Muitos sacrificam suas economias duramente adquiridas naquela viagem especial. Passam a depositar extrema expectativa em cada momento vivido e na ânsia de nada perder, perdem os pequenos detalhes que compõem a real beleza dos lugares visitados. Correm de um lado para o outro, presos ao relógio. O tempo muitas vezes é curto para o tamanho da programação.  Retornam de sua viagem com milhares de fotos e poucas experiências pessoais na bagagem. Toda interação interpessoal ocorre dentro do próprio grupo turístico, praticamente nenhuma com a população da região visitada. Conhecimentos? Depois das primeiras frases dos guias turísticos, você passa a não mais escutar. A maior preocupação é fotografar e registrar.
É por isto, que apesar da praticidade, não gosto viajar através de companhias de turismo.
Você chega a um determinado lugar e quer simplesmente sentar em um banquinho e observar. Observar as construções locais e os transeuntes nativos. Conhecer a culinária da região. Não pode. Existe uma programação turística que teoricamente agrada a maioria. Mudanças não são aceitas. 
Sarasota, Flórida, USA
Saborear a comida local, e não aquela que é encontrada em todo mundo é uma boa maneira de saber um pouco da cultura de um povo. Quais são os seus hábitos e costumes? 

Se a intenção for degustar pratos ricamente elaborados e já consagrados, a minha sugestão é que você deve procurar um bom restaurante em sua própria cidade. Sairá mais barato. Por outro lado, qual é o sentido de visitar um lugar e cair naqueles restaurantes de comidas rápidas, sem atrativos e sem sabor? 

A melhor opção nas viagens é procurar restaurantes frequentados pelos habitantes da cidade visitada. Quando você entra em um restaurante, bar ou lanchonete que praticamente só tem turista, dificilmente encontrará a genuína culinária local. As receitas já estarão adaptadas ao paladar do grupo de turistas mais frequentes na região.

Arrisque-se, se misture com a população. Viva os dias de sua viagem, como se fizesse parte da população local. Adquira um mapa da cidade. Ande a pé, de bicicleta, de ônibus, metrô, trem ou alugue um carro. Informe-se sobre as regiões mais perigosas e sinistras da cidade e evite-as.
Comprar lembranças deve ser uma atividade prazerosa e não uma obrigação. E como o nome já diz é uma lembrança e não um presente. É apenas uma forma carinhosa de disser “eu me lembrei de você”. Não as escolho pelo valor financeiro, mas pelo que representam. Principalmente, escolho souvenir que representem o lugar visitado. Não gosto de deixar esta atividade para a última hora. Você corre o risco de ficar sem opções e gastar mais do que deveria ou gostaria. O que não significa se deixar levar pelo impulso e comprar a primeira coisa que vê.

Procuro transformar meu momento de lazer em um divertido e prazeroso aprendizado.
Antes de viajar, gosto de ler sobre o lugar e suas opções. Elaboro uma pequena lista de atividades que gostaria de realizar durante minha permanência. Locais a serem visitados, comidas a serem degustadas, passeios disponíveis... Uso esta lista como uma referência, uma orientação. Nunca como imposição. Nada de ficar presa em uma programação prévia. 

O lugar que estou me agrada? Fico um pouco mais. 
A programação é entediante? Passo para a próxima atividade. Fazemos uma pequena e rápida votação com as pessoas presentes, sem impor a opinião. É preciso ouvir para poder partilhar o momento.
Quando se viaja em grandes grupos estas modificações são difíceis e praticamente impossíveis. Mas, viajar em pequenos grupos com interesses comuns é maravilhoso.
Não sou nenhuma expert em turismo e nem uma grande desbravadora de lugares e civilizações. Sou apenas uma pessoa comum, como a maioria de meu país, que gosta de viajar. E é nesta condição que resolvi a partir de hoje escrever sobre os lugares que já visitei, os passeios realizados e algumas impressões pessoais sobre os mesmos. Nada muito elaborado ou com muitas informações técnicas. Naturalmente com algumas fotos. Não irei seguir nenhuma ordem cronológica e os lugares serão variados.  
San Francisco, CA. Ilha Alcatraz
Lembrem-se não importa o destino final, o luxo ou a exuberância das acomodações. O mais importante é curtir cada momento e compartilhá-los com aqueles que, com você, participam da experiência.
dicas de viagens
Fazenda Santa Fé - Gravatá - PE
dicas de viagens
Fazenda Santa Fé - Gravatá - PE

Então? Preparados para a primeira viagem? (Minha primeira viagem a ser descrita? KKKKKKKK).

Começarei por Buenos Aires (Argentina), passando rapidamente pela Colônia del Sacramento (Uruguai). Foi uma viagem espetacular, maravilhosa que deixou muitas saudades e lembranças.
Buenos Aires - Argentina
Espero que tenha alguma valia para aqueles que também possuem esta paixão que é VIAJAR.
Buenos Aires - Argentina

Para quem se animar:  

                        BOA VIAGEM!!!!!
Canoa Quebrada - Ceará- Brasil








Obrigada pela visita!!!





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queridos visitantes deixem o seu comentário que irei responder o mais rápido possível.
Caso vocês fizerem alguma receita ou artesanato do meu blog, enviem as fotos para o e-mail: thecintra@gmail.com. Vou colocá-las na atualização do link correspondente.
Um forte abraço!