Translate

domingo, 15 de setembro de 2013

BOLO DECORADO COM ROSAS DE AÇÚCAR

CONFEITANDO...

                     BOLO DECORADO COM ROSAS COLORIDAS


Apesar de não fazer bolos para fora, recebi um pedido inesperado de minha sogra: Fazer o bolo do seu aniversário de 80 anos.

Uau! Que responsabilidade. rsrsrsrsrsrs.


Mas isto não foi tudo. Ela fez algumas exigências. O bolo deveria ser de "qualidade" e a decoração deveria ser com rosas ou botões coloridos, com a seguinte distribuição: 
- 03 vermelhas (simbolizando os filhos);
- 11 cor de rosa (netos);
- 07 amarelas (bisnetos).


Nunca tinha feito rosas de açúcar, esta seria a primeira vez. Fato que comuniquei imediatamente. Minha sogra nem se abalou, limitando-se a me tranquilizar e afirmando que confiava em minha capacidade. 

O mais louco é que aceitei o desafio. kkkkkkkkkkkkk.
 BOLO DECORADO COM ROSAS COLORIDAS
Primeira providência foi decidir sobre qual bolo fazer. Depois resolver sobre o tamanho, a decoração. E o mais importante aprender a fazer rosas de açúcar. Não qualquer flores, tinha que ser rosas. 

Lá fui eu. Internet, lojas especializadas em materiais para confeitar (algumas com cursos), revistas, bate papo com algumas confeiteiras profissionais (elas foram gentis, passando informações e experiências)...

Existem muitas formas de se decorar um bolo. Decidi que a melhor opção para atender a solicitação, seria a pasta americana já pronta. Para evitar erros e surpresas desagradáveis resolvi começar pelas rosas. Além de treinar, elas tem que "secar" e endurecer antes da montagem.

Rosas de pasta americana:

Materiais necessários:
  • Pasta americana para flores ou massa elástica (+ 1Kg), 
  • Açúcar de confeiteiro (impalpável), 
  • Corantes alimentícios em gel (verde, vermelho e amarelo),
  • Cortadores para rosas,
  • Marcadores para folhas e pétalas,
  • Rolo liso,
  • Papel alumínio, caixa de ovos de isopor (para servir de apoio às rosas até a sua secagem final),
  • Palitos de dente e boleadores (estecas).
Técnica para modelar as rosas e botões:
1- Tinja a massa.
Divida a massa em quatro porções, sendo uma maior, uma média e duas pequenas. 
Tinja as massas com corante alimentício em gel - porção maior com vermelho até adquirir uma coloração rosa. 
- porção média com amarelo.
- uma porção pequena com verde (folhas).
- uma porção pequena com vermelho até ficar bem vermelha.
Misture bem até que cada cor fique homogênea. Coloque-as em saco plástico individuais e reserve.
Caso você prefira compre um pacote de massa vermelha e outro branca (500gr de cada). Faça a massa rosa misturando uma parte da vermelha com um pouco da branca. Reserve a massa branca para fazer a amarela e a verde.
2 - Abra a massa na cor escolhida e corte as pétalas com o cortador de rosas. Para as rosas maiores corte 8 pétalas (4 maiores e 4 menores) para as rosas menores corte 6 pétalas (3 maiores e 3 menores). 

Sempre cubra a massa com plástico para não ressecar enquanto trabalha com a mesma. 


Eu usei um tapete de silicone para abrir a massa. Caso você não tenha, abra-a sobre um balcão de granito ou mármore. Polvilhe a superfície e o rolo com açúcar impalpável se for necessário. Pouca quantidade ou irá ressecar e endurecer a massa.
3 - Prepare uma coxinha (ou pera) em um palito de dente. Será usada como recheio para as rosas ou botões. 
4 - Com o boleador, boleie as extremidades de cada pétala, dando um efeito ondulado.
5 - Vire a pétala e faça uma leve depressão no meio.
6 - Para dar mais realismo às ondulações das pétalas, use um palito de dente para realçar as dobras.
7 - Envolva o miolo (coxinha) totalmente com uma pétala.
8 - Coloque a segunda pétala, envolvendo a primeira de frente, e a terceira abraçando esta última. Está formado o botão.
Caso queira botões de rosas é só deixá-las secando em uma posição que preserve o formado desejado. Pode-se curvar as beirada externa a gosto. Se quiser um botão maior é só usar um miolo mais robusto ou envolver mais pétalas fechadas. Nos botões abaixo eu utilizei apenas 3 pétalas, fora o miolo é claro.
9 - Para fazer as rosas é só ir intercalando mais pétalas até completar 6 a 8 no total, umas mais fechadas e outras mais abertas.
10 - Faça quantas rosas forem necessárias e nas cores escolhidas. Eu fiz algumas a mais que o pedido de minha sogra. Para o caso de alguma quebrar ou não se encaixar na hora da montagem. Também deixei alguns botões para compor com o arranjo.
11 - Deixe as rosas secando sobre papel alumínio ou sobre uma caixa de ovo virada de cabeça para baixo. Encaixe as rosas de maneira que as pétalas não deformem, até a secagem final.
 BOLO DECORADO COM ROSAS COLORIDAS
 
12 - Com a massa verde corte as folhas com o cortador específico, boleie e deixe secar para ficar no formado desejado. 
 BOLO DECORADO COM ROSAS COLORIDAS

ATENÇÃO MARINHEIRAS DE PRIMEIRA VIAGEM (como eu): No dia que fiz as primeiras rosas (o teste) choveu muito em Recife, o que deixou o ar muito úmido. Conclusão, no dia seguinte as rosas estavam literalmente derretidas, mesmo tendo usado o C.M.C.(desumidificante espessante) indicado pela loja. É preciso muito cuidado com o tempo. Corri para a loja de artigos de confeitaria e encontrei uma verdadeira "anja" confeiteira que me deu a seguinte dica: Se o clima estiver muito úmido, deixe o trabalho em ambiente com ar condicionado ou coloque uma lâmpada a pouca distância para diminuir a umidade do ar. Para evitar novas surpresas indesejadas, comprei a mesma marca da pasta americana (para o bolo) e a pasta para flores (para as rosas) que a confeiteira (esqueci o nome) estava comprando. Ela diz que só usa esta: ARCOLOR. Pode ser que tenha outra com a mesma qualidade, mas não era hora de novos sustos. Se alguém souber de outra marca, por favor me informem. No momento, vou pelo certo. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Ainda bem que tinha tempo disponível para refazer todo o trabalho e ainda ficou melhor. Nada como treinar antes. kkkkkkkkkkkkkkkkk.

PREPARE O BOLO:

Primeiro prepare o bolo seguindo a receita escolhida e asse com 48 horas de antecedência do dia que você precisará dele confeitado, após 24 horas de te-lo assado é hora de rechear (se for o caso). 

Como eu fiz uma versão de bolo de frutas (ameixa preta e uva passa) com castanha de caju, não coloquei recheio. Iria ficar muito enjoativo e o bolo já é bem rico. Em um próximo post coloco a receita.

Fiz dois bolos, um com 36cm e outro com 25cm. Para facilitar desenformar e evitar queimar siga as dicas abaixo:

  • Forre as formas com papel manteiga. Unte primeiro a forma, coloque o papel previamente cortado e passe mais manteiga sobre o mesmo. 
  • Coloque um tabuleiro com água no forno, na prateleira abaixo do bolo. O vapor diminui o risco de queimar. Observação: não é em banho maria. O tabuleiro deve ser colocado abaixo do bolo e não embaixo. Isto é, em outra prateleira.
  • Nunca use o forno frio. Sempre pré-aqueça. Uma boa dica é ligar o forno quando começar a preparar a massa do bolo.
  • Siga o tempo previsto de cozimento de acordo com a receita escolhida. Lembre-se que os bolos maiores, levam mais tempo que os menores. Fique alerta.
  • Evite ficar abrindo o forno durante o processo de cozimento, ou o bolo pode murchar. 
  • Faça o teste do palito para verificar se o bolo está assado. Espete um palito de dente seco, no meio do bolo, se ele sair seco, o bolo está assado. Desligue o forno e deixe o bolo esfriar fora do forno, para não ressecar.
  • Só desenforme o bolo quando estiver totalmente frio. 
CONFEITANDO O BOLO:

MATERIAL NECESSÁRIO: 
  • Bolo ou bolos.
  • Pasta americana.
  • Açúcar de confeiteiro (impalpável). 
  • Corantes alimentícios em gel nas cores desejadas. Eu usei verde para o glacê que iria fixar as flores e dar efeito de folhagens e marfim para a cobertura do bolo.
  • Rolo liso.
  • Alisador para a massa (desempenadeira).
  • Bicos e saco (manga) de confeitar.
  • Espátula.
  • Glacê mármore - para impermeabilizar e corrigir imperfeições do bolo.
  • Glacê real - para detalhes da decoração e "colar" as rosas no bolo.
  • Suporte para bolo - para evitar que o bolo de cima afunde no bolo de baixo.
Bolo sobreposto a partir de 20cm é aconselhável colocar suporte para apoio. 
  • Suporte de papelão ou isopor com o diâmetro do bolo pequeno. Papelão absorve a umidade do bolo, forre-o com papel alumínio.
  • Folha de papel celofane transparente.
  • Cortador de pizza ou faca amolada.

Método:

  • Desenforme o bolo maior no suporte definitivo ou outro provisório (papelão forrado com papel alumínio).
  • Se for usar recheios, cuidado com a quantidade e a consistência dos mesmos. Recheios muito moles podem escorrer, comprometendo o resultado final. Também tenha cuidado ao molhar o bolo com caldas. Não exagere. 
  • O bolo menor deve ser desenformado em suporte de papelão ou isopor coberto com alumínio.Como fiz o bolo menor em uma forma desmontável, usei o próprio fundo da forma para servir de apoio. Como o bolo seria para minha sogra, tinha a certeza do retorno da peça. Este suporte irá facilitar a transferência do bolo para o seu lugar definitivo, depois de colocada a pasta americana.
  • Cubra cada bolo com uma camada fina de glacê mármore. Use a espátula para espalhar e alisar o glacê. Ele irá corrigir pequenas imperfeições e servir como cola para a pasta americana. Além disto, ele impermeabiliza o bolo, evitando que venha a manchar a pasta americana com a umidade dos ingredientes do bolo ou recheios. 
  • Coloque o suporte de apoio no bolo de baixo centralizando-o. Ou na posição escolhida. O mesmo será coberto com a pasta, juntamente com o bolo. Escolha um de acordo com a medida do bolo superior, nem maior e nem menor. Se a altura dos pés estiver maior que o bolo, corte-os. A não ser que o objetivo seja realmente colocá-lo em outro nível. Para isto, existem suportes mais adequados no mercado. 
  • Sove a pasta americana até amolecer e ficar macia. Acrescentei um pouco de corante marfim até ficar com uma tonalidade de creme. Usei dois pacotes de massa sabor chocolate branco para os dois bolos. Cada pacote com 800gr. 
  • Fixe o papel celofane sobre a mesa ou balcão de trabalho usando fita adesiva. Abra a massa sobre o celofane com o rolo liso. Se quiser use outro papel celofane por cima da massa. Facilita o trabalho e evita grudar no balcão ou no rolo. Ou polvilhe a mesa e o rolo com açúcar impalpável. Solte a massa da superfície antes de transportar para o bolo. A pasta sempre dá uma pequena retraída ao se soltar da mesa de trabalho. (o uso de celofane é uma dica que aprendi recentemente e simplesmente é fantástica. Facilita muito o manuseio da massa).
  • É importante abrir a pasta com 4 a 5cm a mais do diâmetro necessário para cobrir o bolo.
  • Deixe a pasta com espessura de 0,5 a 1 cm. Se ficar muito fina ela pode furar ao ser transferida para o bolo.
  • Enrole a pasta no rolo e desenrole-a delicadamente sobre o bolo. Com a palma das mãos alise e acomode a pasta puxando com cuidado nas partes que tenha franzido. Não use os dedos para não marcar e nem furar a pasta. 
  • Corte o excesso com um cortador de pizza ou uma faquinha bem amolada. Se você quiser cobrir a bandeja do bolo com pasta americana, cubra-a antes de acomodar o bolo. Eu preferi deixar a madeira aparente. Existem muitas bandejas no mercado, de madeira, vidro, aço inoxidável e outros. Eu já tinha a bandeja de madeira com acabamento naval e resolvi usá-la. 
  • Use o alisador para finalizar o acabamento e deixar bem lisinho. 
  • Prepare o outro bolo de maneira igual. Não esqueça do suporte de papelão para facilitar o transporte na hora de transferir o bolo pequeno sobre o maior. 
  • Use um pouco de glacê real para colar o bolo menor sobre o maior. Isto evita que durante o transporte (em uma freada) ele deslize sobre o outro. Acomode um bolo sobre o outro com cuidado para não marcá-lo com as pontas dos dedos. Procure pegar o bolo por baixo, para isto foi colocado o suporte de papelão. 
  • Hora de enfeitar o bolo. Nas emendas entre os bolos e com a bandeja fiz pequenas pitangas usando o glacê real branco (sem corante) e o saco de confeitar com o bico pitanga. Teste primeiro fora do bolo e veja se o resultado agrada.
  • Para fixar as rosas no bolo menor, aproveitei a massa americana que sobrou e fiz uma meia bola colocando no alto. Cobri esta meia bola com glacê real verde usando o saco de confeitar com o bico folha. Puxei algumas "folhas" para fora da bola e fixei as rosas, procurando distribuí-las de maneira harmoniosas. Aí é mais uma questão de gosto pessoal que propriamente de técnica. 
  • Segui o pedido de minha sogra:
- 3 rosas vermelhas ( os filhos);
- 11 rosas e botões cor de rosa ( os netos);
- 07 rosas e botões amarelas ( os bisnetos).
Acrescentei por minha conta uma rosa branca, maior que as demais, simbolizando a aniversariante.
Como não coube todas as rosas na parte superior do bolo coloquei algumas no bolo de baixo.
 BOLO DECORADO COM ROSAS COLORIDAS
Entre as rosas acrescentei as folhas feitas anteriormente e sobre o bolo fiz outras com o glacê real verde.

Para um primeiro trabalho desta magnitude, acho que o resultado até que ficou muito bom.
Valeu pelo aprendizado e pela confiança. E o melhor de tudo é que agradou bastante à aniversariante e aos convidados. Pelo menos foi o que disseram. kkkkkkkkkkkkkk.

Ah, a vela! Não encontrei nenhuma no mercado que me agradasse. A maioria muito infantilizada, então usei algumas rosas que fiz a mais e fiz um pequeno arranjo na bandeja, fora do bolo e encaixei uma pequena vela. 
 BOLO DECORADO COM ROSAS COLORIDAS
O que você acharam? 

Gostaram?

Em outro post colocarei as receitas do bolo e dos glacês (mármore e real). Beijos a todas.



BOM APETITE E UM EXCELENTE TRABALHO!!!

10 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigada, Tais. Eu também fiquei admirada. kkkkkkkkkkkkkkk. As primeiras rosas que modelei não ficaram muito boas. Mas, sou teimosa e tentei de novo. Um abraço.

      Excluir
  2. Ficou lindo, Parabéns!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo elogio e visita. Volte sempre. Um abraço.

      Excluir
  3. Que lindo seu bolo Tereza!! Nem eu que já fiz alguns com pasta sairam lindos assim!! Parabéns!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maah! Eu já tinha usado pasta americana. Só não tinha feito as rosas antes ou qualquer outro tipo de flor. Também não faço bolos comercialmente. Este talvez tenha sido o real desafio. Fazer algo para um número grande de pessoas.
      Depois deste bolo, fiz outro para minha ajudante que casou recentemente.
      Obrigada pela visita. Volte sempre.

      Excluir
  4. Olá, Parabéns pelos artigos, eles tornaram o Blog excelente!!!
    Somos da Gramas Pardim uma empresa que produz, comercializa e aplica Grama Natural de altíssima qualidade nos mais diversos segmentos e regiões do Brasil.
    Visite nosso site e confira os Tipos de Grama que trabalhamos:
    Grama Esmeralda
    Grama Bermudas
    Grama São Carlos
    Grama Batatais
    Grama Santo Agostinho
    Grama Coreana

    Fornecemos para todo o Brasil, solicite-nos um orçamento para sua cidade e obtenha o melhor Preço de Grama do mercado, entre tantos municípios distribuímos:
    Grama em São Paulo SP
    Grama em Campinas SP
    Grama em Guarulhos SP
    Grama em Ribeirão Preto SP
    Grama em Belo Horizonte MG
    Grama em Rio de Janeiro RJ
    Confira !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jeniffer.
      Acabei de visitar o seu site http://www.gramaspardim.com.br/ .
      Fiquei encantada com o trabalho de vocês. Eu não sabia que existiam tanto tipo de grama. Rsrsrsrsrs. Vivendo e aprendendo.
      Um abraço e sucesso em seu trabalho.
      Obrigada pela visita.
      TCintra.

      Excluir
  5. Olá querida, parabéns pelo encanto. A única correção que gostaria de fazer é que suas flores são de pasta americana, não de açúcar como informa o título, mas, ficaram lindas.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá.
      As flores são chamadas de flores de açúcar, porque a base da pasta americana para flores ou massa elástica é açúcar. É só dar uma olhadinha no material necessário para as flores.
      Apenas para cobrir o bolo foi empregado a pasta americana.
      Obrigada pelo carinho e pela visita.
      Bjs.

      Excluir

Queridos visitantes deixem o seu comentário que irei responder o mais rápido possível.
Caso vocês fizerem alguma receita ou artesanato do meu blog, enviem as fotos para o e-mail: thecintra@gmail.com. Vou colocá-las na atualização do link correspondente.
Um forte abraço!