Translate

segunda-feira, 27 de maio de 2013

RECEITA DE GELEIA DE JABUTICABA

GELEIA DE JABUTICABA:

CULINÁRIA; GELEIA E COMPOTA E CONSERVA; LANCHE;
Olá,
       Novamente a jabuticaba é a estrela do momento.
       Lembram do que contei sobre as jabuticabas que ganhei?
CULINÁRIA; GELEIA E COMPOTA E CONSERVA; LANCHE;
    Bom, depois de devorar quase todas as jabuticabas, e com a chegada de meus filhos, resolvi repartir a prazerosa experiência gustativa. Separei algumas frutas, selecionando-as com o carinho de mãe. Ofereci.
       A resposta conjunta, embora educada, foi um choque.
- O que é?
       Minha resposta não podia ser mais insegura.
- Jabuticaba. Não conhecem?
       Minha filha, de 14 anos, não perdeu tempo em mostrar seus conhecimentos antes do irmão de 19 anos. Ele olhava, ainda curioso, as pequenas bolas negras, deixando a vez passar.
- Ah! Tá. É a que faz geleia?
      Fiquei, por segundos, congelada. Totalmente sem reação. Meus filhos só conhecem algumas frutas, entre elas a jabuticaba, se estiverem devidamente processadas e industrializadas.
       Ainda olhando com atenção, e arriscando-se a pegar uma baga redonda e quase negra, meu filho disparou, ainda sem experimentar:
- Interessante. Parece com uva. Daquelas grandes, só que meio que negra e roxa.
        Antes que perguntassem, resolvi resumir a história de forma categórica e científica.
- Não dá em cachos.
         E sem esperar interrupções, suspeitando que não fossem existir, continuei.
-A fruta fica presa no tronco das árvores. O pé de jabuticaba, a jabuticabeira, é encontrado principalmente na região sudeste e sul do país. Embora não ausente, é raro e pouco usual em outras regiões do país.
         Silêncio.
- Na época de minha infância, comi muita jabuticaba tirada do pé.
         Silêncio e ligeiro balançar de cabeças.
- Na verdade só subia baixinho. Nem era tão moleque assim.
      Tentei corrigir qualquer interpretação errônea de meu passado. Nunca imaginei minha mãe pendurada em um pé de jabuticaba. Por que criar esta visão?
         Visualizando o perfil de meu marido, que tentava inutilmente disfarçar o interesse no desenrolar da novela familiar: A Jabuticaba, resolvi encerrar o chove não molha. Pequei mais um bago, outro depois de tantos, e lancei o incentivo:
- Bora, gente.  Experimentem.
         Enfim! Ufa! Experimentaram.
         Elogiaram e declinaram de outra oferta.
         Meus filhos são tão educados!
         E meu marido rindo. Não sei do quê e pra sorte dele nem vou perguntar. Tenho mais o que fazer. Vou fazer uma deliciosa geléia de jabuticaba. Simples e deliciosa.

GELEIA DE JABUTICABA:

INGREDIENTES:
- 1 Kg de jabuticabas maduras, selecionadas e lavadas;
- 500g de açúcar;
- suco de meio limão;
- 1 copo de água.

MODO DE PREPARO:
  •  Amasse as frutas com as mãos. Separe as cascas e reserve as duas partes separadamente (cascas e polpa).
  •  Em um liquidificador, triture bem as cascas com a água. A polpa está reservada.
  •  Junte a mistura das cascas trituradas com a polpa em uma panela de inox ou vidro. Evite alumínio. Leve ao fogo até levantar fervura e cozinhar um pouco. Mais ou menos 20 minutos em fogo baixo.
  •  Peneire o líquido, para retirar todas as sementes.  Aperte com uma colher para sair toda a polpa, espremendo bem. Elimine todos os caroços.
  •  Retorne para a panela, acrescente o suco de limão e o açúcar. Leve ao fogo brando. Cuidado para não queimar. Durante o cozimento, vá retirando a espuma formada sobre a geleia, com o uso de uma escumadeira.
  •  Prove o açúcar. Lembre-se que ao apurar, a geleia perde líquido e fica com o açúcar mais concentrado. Então não exagere. Geleia muito doce é enjoativa. Cuidado.
  •  Verifique o ponto de sua preferência, mais fluido (xarope) ou mais firme (geleia). Normalmente ao mexer com a colher, o fundo da panela deve ser visualizado.
  •  Passe a geleia para potes previamente lavados e esterilizados. 
OBS: Depois que esfria a geleia endurece mais um pouco.
Caso tenha endurecido muito, não se preocupe. Volte para a panela com um pouco d’água e amoleça um pouco.

Use o xarope como calda sobre sorvetes, pudins ou bolos.
A geléia você já sabe. Sobre bolachas, biscoitos, pão, torradas... o que quiser.
CULINÁRIA; GELEIA E COMPOTA E CONSERVA; LANCHE;
A cor é maravilhosa. Vermelho quase vinho, bem translúcida. 

Bom apetite!
NOTA FINAL: 
      Meus filhos apreciaram muito a geleia. Muito mais do que a fruta in natura. No final das contas, vai da experiência e vivência de cada um. Eu, particularmente, gosto de tudo. Fruta, geleia, xarope e licor. Ainda não experimentei o vinho de jabuticaba, mas estou aberta a esta nova apresentação. Só aguardando.

Vejam o link sobre geleia de morango, outra delícia fácil de fazer: http://teresacintra.blogspot.com.br/2014/02/geleia-de-morango.html



Receitas que talvez você goste:






























Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queridos visitantes deixem o seu comentário que irei responder o mais rápido possível.
Caso vocês fizerem alguma receita ou artesanato do meu blog, enviem as fotos para o e-mail: thecintra@gmail.com. Vou colocá-las na atualização do link correspondente.
Um forte abraço!